CONGRESSO DE PSICANÁLISE

PSICANÁLISE E CRISE

23 E 24 DE OUTUBRO  DE 2020

FAÇA AQUI A SUA INSCRIÇÃO

QUANDO /

23 E 24 DE OUTUBRO, 2020  

ONDE /

ONLINE

SOBRE O CONGRESSO /

O CONGRESSO DE PSICANÁLISE DO ISPA-INSTITUTO UNIVERSITÁRIO 2020, DECORRE ONLINE E SERÁ DEDICADO AO TEMA PSICANÁLISE E CRISE. ESTE ANO VAMOS PRIVILEGIAR A PSICANÁLISE EM MUDANÇA FACE

ÀS CIRCUNSTÂNCIAS GLOBAIS QUE NOS FIZERAM ENTRAR DEFINITIVAMENTE NA ERA DIGITAL E AS ADAPTAÇÕES GERADAS POR CONSTRANGIMENTOS

DE DISTANCIAMENTO SOCIAL, PELO MEDO, INCERTEZA E CRISE SOCIAL.

CONFERENCISTAS /

PAUL WACHTEL 

PHD, DISTINGUISHED PROFESSOR OF PSYCHOLOGY AT CITY COLLEGE AND THE CUNY GRADUATE CENTER

Diana Fosha

PHD DEVELOPER OF ACCELERATED EXPERIENTIAL

DYNAMIC PSYCHOTHERAPY, FOUNDER AND DIRECTOR

OF THE AEDP INSTITUTE

Hanna Levenson 

PROFESSOR AT THE WRIGHT INSTITUTE IN BERKLEY,

CALIFORNIA, AND FELLOW OF DIVISION 29 OF THE APA

Jon Frederickson 

MSW, IS ON THE FACULTY OF THE INTENSIVE SHORT TERM DYNAMIC PSYCHOTHERAPY TRAINING PROGRAM ATE THE WASHINGTON SCHOOL OF PSYCHIATRY

Graciela Moyano

COORDINADORA, DOCENTE Y SUPERVISORA DEL CENTRO DE SICODRAMA, SOCIODRAMA Y SICODANZA (CSSS-SEVILLA)

FERNANDA PALERMO

PSICÓLOGA CLÍNICA E PSICOTERAPEUTA DE CASAL E FAMÍLIA

António Coimbra de Matos

PSIQUIATRA, PEDOPSIQUIATRA E PSICANALISTA

FIGURA INCONTORNÁVEL DA HISTÓRIA DA SAÚDE MENTAL

EM PORTUGAL

ANDREW COOPER 

BA MPhil DipASS CQSW MBPF PRINCIPAL FELLOW HEA

HAS BEEN PROFESSOR OF SOCIAL WORK AT THE TRUST SINCE 1986

PATRICIA GHEROVICI 

PHD, PSYCHOANALYST AND SUPERVISOR. CO-FOUNDER

AND DIRECTOR OF THE LACANIAN GROUP OF PHILADELPHIA

ELIZABETH DANTO 

PROFESSOR OF SOCIAL WORK AT HUNTER COLLEGE,

CITY UNIVERSITY OF NEW YORK

SYLVIA O'NEILL 

PSYCHOANALYTIC PSYCHOTHERAPIST PRACTISING IN EDINBURGH AND IN THE NHS IN GLASGOW

Bárbara Figueiredo 

ASSOCIATE PROFESSOR WITH HABILITATION IN CLINICAL PSYCHOLOGY

Carla Martins Mendes 

PSICÓLOGA CLÍNICA, PSICANALISTA E PSICOTERAPEUTA

DE CASAL E FAMÍLIA

ludgero paninho

PSICÓLOGO PELA FACULDADE DE PSICOLOGIA E CIÊNCIAS

DA EDUCAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

LEGAL PELO ISPA

APRESENTAÇÃO /

As maiores mudanças na psicanálise ao longo de mais de 100 anos resultaram sobretudo de crises sociais.

Dos textos seminais de August Aichorn no seu trabalho com adolescentes, passando pelas enfermarias

de guerra de Anna Freud, à gestão de casas de acolhimento residencial de Clair Winnicott durante o blitz

de Londres, apenas para citar alguns. Onde estaria a psicanálise sem crise? Com a pandemia atual

as mudanças não ocorrem por iniciativa de psicanalistas rebeldes ou visionários, ou por tentativas

de aplicação da psicanálise a novos pacientes, mas resultam de uma circunstância global que afeta todos

nas mais variadas dimensões da vida.


E o “depois” da crise? Que impactos teve o isolamento, incerteza, abandono, perda de privacidade, sobreposição de papéis, e perda de rendimentos? Haverá mais stress pós traumático,
aumento de ansiedade e depressão? Isto é uma fase ou é o novo normal? O que se perde e o que se

ganha com o online? Que características pessoais facilitaram ou dificultaram a transição
dos profissionais e pacientes/utentes? Que mudanças foram feitas em tempos de pandemia na forma

de trabalhar e destas mudanças, quais as que vieram para ficar e que implicações trouxeram à nossa forma

de pensar de forma psicanalítica?


Se é uma realidade que um dos maiores desafios que enfrentamos está ligado à mudança drástica do setting que nos empurra para relações mediadas pela tecnologia, também

é verdade que as alterações globais que estão em movimento colocam dúvidas quanto às consequências

com que nos teremos de debater no atual cenário social, político e económico.

  
O congresso deste ano privilegia a área social dirigindo-se em particular a profissionais que trabalhem

em serviços como comissões de proteção de crianças e jovens; centros de aconselhamento familiar e apoio parental; equipas multidisciplinares de apoio aos tribunais; equipas de intervenção precoce; equipas

de tratamento (antigos CAT’s); equipas de rendimento social de inserção, casas de acolhimento residencial, projetos camarários de intervenção social, comunidades terapêuticas, organizações não-governamentais

de intervenção social, lares, escolas, etc. Entidades que por força do seu regime estatutário, frequentemente empurram os técnicos para a burocratização do trabalho com utentes, mas que, como era a intuição inicial

de Sandor Ferenczi e Sigfried Bernfeld, podem beneficiar de uma abordagem de trabalho assente

numa matriz teórica psicanalítica.


Convidámos colegas de renome mundial da psicanálise e psicoterapia psicanalítica (accelerated experiencial dynamic psychotherap, intensive short term dynamic psychotherapy, brief dynamic therapy, terapia de casal

e família, e psicodrama); e do serviço social psicanalítico a falarem do seu trabalho, mas também como perspetivam o futuro marcado por esta crise que vivemos.

COMISSÃO ORGANIZADORA /

ANTÓNIO PAZO PIRES 
PEDRO ALEIXO
VICTOR RODRIGUES 
FÁBIO MATEUS

ALEXANDRE VAZ

COMISSÃO CIENTIFICA /

JOSÉ ORNELAS

EDUARDO SÁ

LUÍS DELGADO

ANTÓNIO PAZO PIRES

JOSÉ ABREU AFONSO

 
 
 
 

© 2020 by ISPA - Instituto Universitário  -  Do you have a question? /  Send us an e-mail ue@ispa.pt

  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon